Remédios para emagrecer rápido que vendem em farmácias

Remédios para emagrecer rápido que vendem em farmáciasO uso de qualquer medicamento sempre deve ser acompanhado por um médico. Essa recomendação é importante, porque todo medicamento possui efeitos colaterais, que podem prejudicar a saúde caso sejam utilizados indevidamente. Outro problema, é que o medicamento pode não apresentar a ação esperada, mas isso pode acontecer por várias razões. O que convém é saber quais são os remédios para emagrecer rápido que vendem em farmácias e consultar o médico para saber sua opinião antes de experimentar algo por indicação de terceiros.

| |

                Estes medicamentos que prometem perda de peso rápida possuem componentes que atuam nos principais fatores que levam a perda de peso: bloqueadores de carboidratos, inibidores de apetite, aceleradores do metabolismo e redutores de gordura.,

Remédios para emagrecer rápido!

               Extrato de faseolamina: essa é uma glicoproteína extraída do feijão branco e tem a capacidade de neutralizar o amido presente nos carboidratos. Desta maneira eles não são armazenados no organismo e convertidos em gordura, como normalmente acontece quando consumimos estes alimentos.

               Hidroxicitrato (HCA): Extraído da Garcinia Cambogia (uma fruta nativa da Índia) o HCS é recomendado para reduzir o apetite, aumentar o metabolismo e a queima de gordura.

|

               EGCG (Epigalocatequina-galato): Esta substância que está presente no chá verde auxilia a queima calórica acelerando o metabolismo. Para o efeito esperado, o chá deve conter pelo menos 50% de EGCG.

Aprenda no vídeo abaixo como eliminar a gordura da barriga em 8 semanas ou menos utilizando apenas 15 minutos do seu dia! Sem precisar sair de casa! 

Código Para Emagrecer De Vez - Emagrecer Sem Exercícios - Perder Até 11Kg Em 30 Dias

               Picolinato de cromo: este é um inibidor de apetite que auxilia o emagrecimento, atuando na queima de gordura corporal e ganho de massa magra.

               Estes medicamentos listados acima são remédios para emagrecer rápido que vendem em farmácias, e podem ser adquiridos sem receita médica. São classificados como suplementos e apesar de serem regulamentados pela ANVISA podem apresentar efeitos colaterais como qualquer medicamento. E apesar de receberem a fama de “milagrosos” podem não fazer o mesmo efeito em todos que o consomem, por isso sua prescrição deve ser indicada por um médico que deverá avaliar cada caso individualmente.

Mas há também outras opções de uso controlado que atuam da mesma maneira.

               Orlistat: Impede que a gordura seja absorvida pelo organismo eliminando-a de maneira mais eficaz ao invés de se acumular no corpo.

               Sibutramina: Apresenta efeitos colaterais fortes, mas é um potente medicamento que inibe o apetite. É um dos medicamentos para emagrecer mais conhecidos e utilizados.

               Fluoxetina: Este medicamento é na verdade indicado para o controle da ansiedade, mas pode ajudar a emagrecer, visto que o consumo exagerado de alimentos pode ocorrer principalmente por pessoas ansiosas.

               Bupropiona: É um antidepressivo, que combinado com outras substâncias tem se mostrado muito eficaz na perda de peso.

               Esses dois remédios para emagrecer são os mais consumidos por brasileiros e apesar de serem vendidos em farmácias apenas com a apresentação de receita médica, podem ser encontrados facilmente na internet, no famoso “mercado negro”. No entanto, o uso destes medicamentos de maneira incorreta em sua dosagem, tempo de uso e principalmente, se for utilizado por pessoas que tem problemas de saúde, pode trazer graves problemas a quem o utiliza.

               Existem muitas opções de remédios para emagrecer rápido que vendem em farmácias, com ou sem receita e a indicação de qual tomar irá depender de suas condições de saúde e do quanto precisa emagrecer para ter mais saúde.

Comentários fechados.